Papo de Bar

Topo
Papo de Bar

Papo de Bar

4 drinks para uma bela saideira

Marcelo Sant'Iago

2009-05-20T19:16:03

09/05/2019 16h03

Recentemente comprei um livro chamado Nightcap (Kara Newman, 2019), cuja tradução literal é "Saideira". Você sabe, aquele último drink que você toma antes de encerrar a noite, seja quando está em casa ou no bar, quando vai seguir a noite em outro lugar ou apenas quer esticar a conversa.

Disponível na Amazon, entrega no Brasil

O livro, disponível apenas em inglês, é rápido de ler e contém 40 receitas que ela considera a saideira perfeita para cada uma das ocasiões acima e acrescenta mais duas que, pessoalmente, não encaro como saideira: substituir a sobremesa e um coquetel para ajudar na digestão. Como eu não costumo consumir nenhum tipo de álcool durante uma refeição (isso inclui vinho), pedir um coquetel após comer está mais para começar a noite do que terminá-la.

Mas, qual a definição de "saideira"? Existe um quase consenso que ela é apenas um drink, não uma sequência deles. Eu, todavia, tenho uma preferência pessoal de percorrer certo caminho até chegar naquele último coquetel, que normalmente é um Sazerac. Um shot às vezes também cai bem, antes de "passar a régua". Mas eu jamais peço um coquetel sour (cítrico e azedo, como Daiquiri) ou um highball (destilado+cítrico+mixer carbonatado, como Moscow Mule ou Gin Tônica) de saideira; prefiro sempre coquetéis mais potentes, com destilados "quentes" e "marrons": uísque, conhaque, rum envelhecido, tequila añejo.

Abaixo estão 4 coquetéis que invariavelmente entram na minha lista de saideiras.

E você, qual sua saideira preferida?

ALASKA é um coquetel estilo Martini, herbal e potente

60ml de gin

30ml de licor Chartreuse Amarelo

2 dashes (esguichadas) de orange bitters (bitter de laranja)

Mexer em copo misturador com 3/4 de gelo durante 30-40 segundos. Coar para taça de coquetel gelada, sem gelo dentro.

RUM OLD FASHIONED em receita criada pelo bartender Ricardo Bassetto, do D.O.T., em São Paulo

60ml de rum Havana Club 7 anos

10ml licor Amaretto

2 dashes chocolate bitters

2 dashes orange bitters

Mexer todos os ingredientes em copo misturador com 3/4 de gelo, por aproximadamente 30-40 segundos. Coar para taça de conhaque ou copo old-fashioned com gelo. Decorar com rodela de abacaxi desidratado. Também pode ser preparo diretamente no copo de servir.

SAZERAC

Eu quem fiz!

Eu quem fiz!

60ml bourbon ou rye whiskey

1 torrão de açúcar

2 dashes Peychaud's bitters

1 dash Angostura bitters

5ml absinto (ou Herbsaint ou Pastis)

Colocar o absinto em um copo old fashioned e fazer movimentos circulatórios para "lavar"as bordas. Colocar o copo na geladeira e reservar.

Colocar torrão de açúcar em copo misturador, encharcar com os bitters e macerar até dissolver (se necessário pode usar um mínimo de água). Adicionar o uísque. Completar o copo com 3/4 de gelo e mexer por 35-40 segundos. Pegar o copo preparado na geladeira e descartar o absinto. Coar a mistura para o copo preparo. Finalize torcendo uma casquinha de limão siciliano por cima, para extrair os óleos. Descartar em seguida.

VIEUX CARRÉ é uma versão de Manhattan servido com gelo, potente e complexo

Eu quem fiz!

30ml bourbon ou rye whiskey

30ml conhaque (preferência VSOP)

30ml vermute doce

5ml licor Bénédictine

1 dash de Angostura bitters

1 dash de Peychaud's bitters

Mexer todos os ingredientes em copo misturador com 3/4 de gelo durante 30-40 segundos. Coar para copo old fashioned com gelo. Decorar com twist de casca de limão siciliano

 

Siga-me no instagram @marcelosant_iago

 

 

Sobre o autor

Marcelo Sant'Iago é publicitário e editor no Brasil do Difford's Guide, maior site de receitas de coquetel do mundo. Fã das Aventuras de Tintim, passa boa parte do ano visitando os melhores bares e eventos no exterior, em busca de novidades e tendências que possam ser compartilhadas para trazer aprimoramento ao mercado brasileiro de coquetelaria. Recentemente foi homenageado com um drinque no Sub Astor, o Sant'Iago Fashioned. Ele é colaborador de revistas, consultor e o único brasileiro a fazer parte do Drink Tank, primeira rede global de inteligência voltada para a indústria de bebidas.

Sobre o blog

Pense no balcão do seu bar favorito, aonde você toma bons drinques, conhece pessoas interessantes, conta casos, aprende sobre coquetelaria com bartenders e descobre novos bares para o próximo gole. Saúde!